Sou o que sou!

Minha foto
Sou assim, fazer o que! Injeção também não é bom mas cura!

segunda-feira, 12 de maio de 2014

CUIDADO COM FOGO NO INVERNO




O inverno é mais propício para se estar dentro de casa, seja no domicílio, seja nas salas de trabalho, jardins-de-infância ou escolas. Por outro lado, o frio leva à utilização de aparelhos que, em outros periodos do ano, estão guardados nos armários, designadamente aquecedores, braseiras, botijas de água quente, cobertores elétricos e também que se acendam lareiras e outros meios de calor.

O perigo de queimaduras nessa época é grande, especialmente com o fogo. Claro que um radiador de um aquecimento central pode causar uma queimadura, mas é raro atingir temperaturas suficientemente elevadas. Contudo, um aquecedor fica muito quente e, por exemplo, uma criança que começa a pôr-se de pé pode apoiar-se nele, queimando as mãos e, depois, caindo e ainda se machucando mais. Acrescento que, com os aquecedores, há uma falsa sensação de segurança, quer por parte da criança, quer pelos próprios adultos, dado que o fogo “está longe” e não parece tão “vivo”. 

As lareiras são um chamariz. Aliás, e falo por mim, com uma lareira acesa é difícil fazer-se outra coisa que não olhar para ela e ter vontade de lhe mexer, “retocando” os troncos, de cinco em cinco minutos. As chamas são fascinantes, por várias razões que não podemos agora explicar, e uma criança de dois ou três anos sentir-se-á muito atraída, podendo até, mesmo que não pondo as mãos diretamente, querer imitar os adultos e pegar nos utensílios e mexer, ela própria, nas madeiras – até porque vê o “fogo de artifício” amarelo e cor-de-laranja que acontece de cada vez que se revolvem os troncos. 

Podem depois estes troncos cair, queimando-a ou até incendiando tapetes, chinelos ou as próprias roupas da criança. As fagulhas naturais do crepitar da lenha, mesmo perdendo energia no seu trajeto pelo ar, podem também atingir a criança com suficiente temperatura para queimar ou, pelo menos, assustar, desequilibrar e esta cair. Não esquecer, também, que lareiras significam centelhas e outros aceleradores de combustão, como fósforos, por exemplo.

No inverno todo cuidado é pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário