Sou o que sou!

Minha foto
Sou assim, fazer o que! Injeção também não é bom mas cura!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

O papel do Policial Militar na Sociedade




A Polícia Militar sempre fez um papel muito importante em nossa sociedade como coibir crimes, manter a ordem pública, porém desvalorizada pelo próprio governo.

A criminalidade está cada vez maior, não só nas grandes cidades das capitais, também, nas do interior, e com essa índice criminal aumentando cada dia mais, buscamos segurança na PM, que está de prontidão a combater o crime .

Mas não só o contra o crime que podemos contar com os militares, mas também na ordem pública, pois podemos acionar esse órgão sempre que nos sentimos intimidados por vândalos, depredadores, que porventura possa denegrir , a honra, a dignidade e até mesmo nossa integridade física da população

Mesmo com esse importante trabalho que nos proporciona, a PM não é valorizada pelo próprio sistema governamental. Trabalhando em condições escassas, com baixa remuneração , equipamentos de péssima qualidade, em alguns batalhões policiais precisam trabalhar a pé por falta de viaturas.

O Estado como responsável pela corporação, deve repensar a questão salarial assim melhorando as condições trabalhistas dessa categoria assim a polícia nos proporcionará mais segurança com seus serviços.

A Polícia Militar


Ser militar é uma escolha de vida, posto que é uma profissão que requer primeiramente a capacidade de renunciar a própria vida em defesa da sociedade, e, concomitantemente, a capacidade de na maioria em das vezes, renunciar a própria vida, quer seja familiar,social em prol do coletivo.


O que é a instituição policial militar? É o braço armado do Estado em defesa da sociedade, é o SOS nas horas difíceis, onde ninguém pode resolver o problema, onde o Estado tem que intervir para manter a paz social, é a instituição responsável pela segurança da população, pela prevenção e combate as drogas, pela defesa do meio ambiente ,pela preservação das edificações do Estado, pela segurança externa dos presídios, pela área operacional na prisão dos delinqüentes, dentre outras missões.


A policia militar de Santa Catarina, é compostas por homens e mulheres de bem, que dedicam suas vidas na defesa de cada um de nós, e , como tantas outras instituições, também sofre com desvios de condutas, mas qual a instituição que não as têm? Todas, desde o judiciário até a mais simples instituição, porque os problemas de corrupção, desvios de condutas, nada têm a ver com a instituição, com suas bases, suas filosofias e finalidades, e sim, com o caráter individual de cada um de seus membros.


As instituições policiais militares são definidas na nossa Constituição Federal no artigo 144, e são definidas como força auxiliar nos seguintes termos:


.” Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:;


V – polícias militares e corpos de bombeiros militares.


§ 5º – às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei, incumbe a execução de atividades de defesa civil.


§ 6º – As polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.”


É composta por oficiais e praças, de ambos os sexos, e no nosso Estado tem um contingente de cerca de 10 mil integrantes na ativa, que executam diuturnamente a missão de policiar as ruas, receber e despachar as ocorrências para as viaturas, após serem acionadas via 190 pela sociedade, contando hoje com um centro de acolhimento das demandas que é as CRE/190 (Central Regional de Emergencia), que é referencia nacional, no emprego de tecnologias e qualificação profissional , em busca de melhor servir a sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário